Filosofia – Ler para entender – Dicas

apprentice_03

Tenha em mente que quando você lê filosofia, você está tentando entender um pensamento. É diferente de ler um jornal, no qual você quer saber o que o prefeito falou ontem ou como está o tempo hoje.

10 dicas para ler filosofia – Debate

Filosofia é um tipo de escrita persuasiva. Entenda que, ao ler um texto filosófico, você está tendo contato com a opinião do autor, ele está tentando te convencer de que a opinião dele é plausível – e a dos outros não.

Não se apresse

A melhor forma de entender filosofia é com doses homeopáticas. Não pense em quantidade, mas em profundidade. Ler uma página de um romance pode demorar um minuto. Uma folha de um livro de filosofia deve ser lida com mais calma. 10 minutos por página é um tempo razoável quando se está lendo pela primeira vez.

Opinião do autor

Antes de começar a ler, escreva num papel os principais pontos de vista do autor. Preste atenção na estrutura do texto também. Se for um ensaio, leia o primeiro e último parágrafo; se você ainda não entendeu a opinião do autor, vá para o meio do texto. Se for um livro, leia o índice e depois o discurso de abertura.

Lápis na mão

Agora que você já entendeu as dicas de pré-leitura, é hora de começar a ler. Faça anotações das passagens cruciais: onde a tese principal é explicada, onde os conceitos-chaves são apresentados, onde argumentos-chaves e razões são providos. Tenha noção também das partes menos importantes da obra.

Pensamento crítico

Para muitos, filosofia é sinônimo de pensamento crítico. Comece a pensar em comentários críticos e construtivos para o texto. Se você não tem opinião sobre o que leu, é necessário ler de novo. Você só terá entendido o texto quando puder opinar sobre ele.

Pense antes de opiniar

Criticismo filosófico não se conquista rapidamente. Filosofia é reflexiva. É ótimo pensar em críticas para o que você leu. Mas reflita antes. O que pode parecer perfeitamente lógico logo de cara pode ser inútil na segunda e terceira vez. Portanto, seja humilde, paciente e meticuloso.

Empatia filosófica e autocrítica

Se uma obra filosófica está tentando convencer você de algo, tente fazer o contrário com o autor. Depois que você tiver um argumento ótimo, tente rebatê-lo. Seja empático e lúcido, e ponha-se no lugar dos outros.

Continue relendo

Como você está começando a entender e interpretar o que o autor disse, cheque novamente o texto. Afie seus pensamentos e garanta que você interpretou o autor propriamente.

Engaje-se filosoficamente

Uma das melhores maneiras de aguçar seus pensamentos é discuti-lo com outros. Primeiro, garanta que você está debatendo com alguém que realmente entenda de filosofia. Desta forma, você logo estará discutindo filosofia com experts e falando em público!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s