Veja a seguir uma lista com as cem maiores obras de não ficção do século XX (Folha de São Paulo)

Veja a seguir uma lista com as cem maiores obras de não ficção do século XX (Folha de São Paulo, 11/04/1999).

 

1º A Ética Protestante e o Espírito do Capitalismo (1904) – Max Weber (1864-1920) – Ed. Pioneira-.

 

2º Dialética do Esclarecimento (1947) – Theodor Adorno (1903-1969) e Max Horkheimer (1895-1973) – Jorge Zahar Editor

 

3º Economia e Sociedade (1921) – Max Weber – Ed. da Universidade de Brasília –, 1º vol., o 2º vol. Ainda não foi editado

 

4º O Mal-Estar na Civilização (1930) – Sigmund Freud (1856-1939) – Imago.

 

5º Ser e Tempo (1927) – Martin Heidegger (1889-1976) – Ed.Vozes, 2vol.

 

6º Teoria Geral do Emprego, dos Juros e da Moeda (1936) – John Maynard Keynes (1883-1946) – ed. Atlas

 

7º Tractus Logico-Philosophicus (1921) – Ludwig Wittgenstein (1889-1951) – Edusp

 

8º Tristes Trópicos (1955) – Claude Lévi-Strauss (1908) – Companhia das Letras

 

9º Investigações Filosóficas  (1953) – Ludwig Wittgeinstein – ed. Vozes

 

10º Ensaio sobre a Dádiva (1924)- Marcel Mauss (1872-1950) – Edições 70

 

11º O Visível e o Invisível (1964) – Maurice Merleau-Ponty (1908-1961) – Perspectiva

 

12º Introdução Geral à Psicanálise (1938) – Sigmund Freud (1856-1939)

 

13º O Processo Civilizador (1939) – Norbert Elias (1897-1990) – Jorge Zahar Editor 2 vol.

 

14º O Declínio da Idade Média (1919) – Johan Huizinga (1872-1945) – Ulissea

 

15º História e Consciência de Classe (1923) – Georg Lukács (1885-1971) – Elfos

 

16º Crítica da Razão Dialética (1960) – Jean-Paul Sartre (1905-1980)

 

17º O Narrador (1936) – Walter Benjamin (1892-1940) – In: vol. 1 das “Obras Escolhidas”, Brasiliense

 

18º O Ser e o Nada (1943) – Jean-Paul Sartre (1905-1980) – Vozes

 

19º Massa e Poder (1960) – Elias Canetti (1905-1980) – Cia das Letras

 

20º Os Argonautas do Pacífico Ocidental (1922) – Bronislaw Malinowski (1884-1942)

 

21º A Condição Humana (1953) – Hannah Arendt (1906-1975) – Forense Universitária

 

22º Mínima Moralia (1951) – Theodor Adorno – Ática

 

23º A Grande Transformação (1944) – Karl Polayi (1891-1976)

 

24º O Pensamento Selvagem (1962) – Claude Lévi-Strauss (1908) – Papirus

 

25º Eupalinos ou o Arquiteto (1921) – Paul Valery (1871-1945) – Ed. 34

 

26º A Vista de Lugar Nenhum (1986) – Thomas Nagel (1937)

 

27º O Pensamento e o Movente (1934) – Henri Bérgson (1859-1941)

 

28º Eros e Civilização (1955) – Herbert Marcuse (1898-1979) – Ed. LTC

 

29º As Origens do Totalitarismo (1951) – Hannah Arendt (1906-1975) – cia das Letras

 

30º As Formas Elementares da Vida Religiosa (1912) – Émile Durkheim (1858-1917) – Martins Fontes

 

31º A Crise das Ciências Européias e a Fenomenologia Transcendental (1954) – Edmund Husserl (1859-1938)

 

32º Origem do Drama Barroco Alemão (1929) – Walter Benjamin (1892-1940)   

 

33º Mimesis (1946) – Erich Auerbach (1892-1957) – Perpectiva

 

34º Iluminações (1955) – Walter Benjamin

 

35º A Invenção da Liberdade (1976) – Jean Starobinski (1920) – Ed. da Unesp

 

36º Vontade de Potência – Friedrich Nietzsche (1844-1900) 

 

37º Teoria dos Jogos  Comportamento Econômico (1944) – John von Neumann e Oscar Morgenstern

 

38º Ensaio sobre Algumas Formas Primitivas de Classificação (1901) – Émile Durkheim (1858-1917) e Marcel Mauss (1872-1950) – In: “Sociologia e Filosofia” Ed. Ícone 

 

39º Relatividade – As Teorias Restrita e Geral – Albert Einstein (1879-1955)

 

40º O Homem e o Mundo Natural (1983) – Keith Thomas (1933) – Cia das Letras     

 

41º Fenomenologia da Consciência Interna do Tempo (1928) – Edmund Husserl (1859-1938)

 

42º Verdade e Método (1960) – H.G. Gadamer (1900) – Vozes  

 

43º Ordem a Partir do Caos (1977) – Ilya Prigogine e Isabelle Stengers

 

45º Manuscritos Econômico-Filosóficos (1932) – Karl Marx (1818-1893) – Edições 70

 

46º A Genética e a Origem das Espécies (1937) – Theodosius Dobzhanshy (1900-1975)

 

47º A Acumulação do Capital (1913) – Rosa Luxemburgo (1870-1919)

 

48º Individualismo e Ordem Econômica (1948) – F.A. Hayek (1899-1992)

 

49º A Estrutura das Revoluções Científicas (1962) – Thomas Kuhn (1922-1996) – Perspectiva

 

50º Estética da Recepção (1964) – Hans Robert Jauss (1921-1997)

 

51º A Ciência e a Hipótese (1902) – Jules-Henri Poincaré (1854-1912)

 

52º Apresentação de “Parade” (1913) – Guillaume Apollinaire (1880-1918)

 

53º O Ramo de Ouro (1906-1915) – James George Frazer (1854-1941) – Ed. LTC 

 

54º O Segundo Sexo (1949) – Simone de Beauvoir (1908-86) – Nova Fronteira   2 vol.

 

55º Liberalismo e Democracia – N. Bobbio (1909) – Brasiliense 

 

56º Descartes segundo a Ordem das Razões – Martial Guéroult

 

57º A Sociedade do Espetáculo (1967) – Guy Debord (1931-1994) – Contraponto 

 

58º Principia Mathematica (1910-1913) – Bertrand Russel (1872-1970)

 

59º Os Reis Taumaturgos (1924) – Marc Bloch (1886-1944) – Cia das Letras 

 

60º Giordano Bruno e a Tradição Hermética (1964) – Frances Yates – Cultrix 

 

61º Estudos de Estilo (1970) – Leo Spitzer

 

62º Construir, Habitar, Pensar – Martin Heidegger

 

63º A Obra de François Rabelais e a Cultura Popular na Idade Média e no Renascimento (1965) – Mikhail Bakhtin (1895-1975) – UnB 

 

64º Um Universo Pluralístico (1909) – William James (1842-1910)

 

65º Escritos sobre a Guerra – Sigmund Freud – Edimax

 

66º O Mediterrâneo e o Mundo Mediterrâneo (1949) – Fernand Braudel (1902-1985)- Ed. Dom Quixote

 

67º Homo Hierarquicus (1967) – Louis Dumont – Edusp

 

68º Oportunidade, Amor e Lógica (1923) – Charles Sanders Peirce (1839-1914)

 

69º A Sociedade Aberta e Seus Inimigos (1945) – Karl Popper (1902-1994) – Itatiaia

 

70º Física Atômica e Conhecimento Humano (1961) – Niels Bohr (1885-1962) – Contraponto

 

71º Teoria do Romance (1916) – Georg Lukács

 

72º Os Sertões – Euclides da Cunha (1866-1909)

 

73º Montaillou (1975) – Emmanuel Le Roy  Ladurie – Cia das Letras

 

74º Manifestos do Surrealismo – André Breton (1896-1966) – Ed. Salamandra

 

75º Estética (1902) – Benedetto Croce (1866-1952)

 

76º Arqueologia do Saber (1969) – Michel Foucault (1926-1984) – Forense Universitária

 

77º Vigiar e Punir (1975) – Michel Foucault – Vozes 

 

78º Problemas da Poética de Dostoievski (1963) – Mikhail Bakhtin – Forense Universitária 

 

79º Outras Inquisições (1952) – Jorge Luis Borges (1899-1986) – In: “Obras Completas” vol. 3 Ed. Globo

 

80º Ritos de Passagem (1909) – Arnold van Gennep (1873-1957)

 

81º Ideologia e Utopia – Karl Manheim (1893-1947) – Guanabara-Koogan

 

82º A Estrutura da Ação Social (1937) – Talcott Parsons (1902-1979)

 

83º O Estado da Produção e o Estado das Artes Industriais (1914) – Thorstein Veblen (1857-1929)

 

84º O Teatro e Seu Duplo (1938) – Antonin Artaud (1896-1948) – Martins Fontes

 

85º O Existencialismo é um Humanismo (1946) – Jean-Paul Sartre

 

86º Lingüística e História Literária (1955) – Leo Spitzer (1887-1960)

 

87º Idéias sobre uma Fenomenologia (1913) – Edmund Husserl (1859-1938)

 

88º A Filosofia das Formas Simbólicas (1923-1929) – Ernst Cassier (1859-1938)

 

89º Palavra e Objeto (1960) – Willard Quine (1908)

 

90º O Mito de Sísifo (1942) – Albert Camus (1913-1960) – Guanabara-Koogan

 

91º O Gene Egoísta (1976)- Richard Dawkins (1941) – Itatiaia 

 

92º Literatura Européia e Idade Média Latina (1948) – Ernst Robert Curtius (1886-1956) – Edusp

 

93º A Sociedade Feudal (1940) – Marc Bloch (1886-1944) – Ed. 70

 

94º Fala, Memória (1951) – Vladimir Nabokov (1899-1977) – Saga 

 

95º O Ouriço e a Raposa (1953) – Isaiah Berlin (1909-1907)

 

96º Mitologias (1959) – Roland Barthes (1915-1980) – Bertrand Brasil

 

97º Metafísica, Materialismo e Evolução da Mente – Charles Darwin (1809-82)

 

98º Gramática da Política (1925) – Harold Laski (1893-1950)

 

99º Estrutura da Lírica Moderna – Hugo Friedrich – Duas Cidades 

 

100º Diferença e Repetição (1968) – Gilles Deleuze (1925-1995) – Paz e Terra 

 

 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s